Principais Dúvidas Sobre Energia Solar

Existem muitas dúvidas sobre a energia solar e o sistema fotovoltaico. Por isso, vamos esclarecer alguns questionamentos mais comuns sobre o tema.

Foto de placa solar

1. Como funciona o painel solar fotovoltaico?

Os painéis fotovoltaicos são compostos por células solares que geram corrente elétrica ao serem expostas ao Sol. Esta energia passa por equipamentos elétricos, que tratam essa corrente para que ela fique nas características ideais para o consumo. Não confunda o sistema fotovoltaico com o de aquecimento de água. No primeiro, o que importa é a irradiação, enquanto no segundo é o calor.

2. Qual é a durabilidade do sistema fotovoltaico?

Se os equipamentos forem bem cuidados e de qualidade, eles podem durar 25 anos ou mais. Após esse período, o sistema continua funcionando, mas reduzindo a eficiência com o tempo.

3. Como é feita a manutenção do sistema?

A manutenção é bem simples. Basta limpar os painéis solares com água e um pano, geralmente uma vez ao ano, ou sempre que a placa ficar muito suja por conta de longos períodos de estiagem.

4. Quanto custa a instalação do sistema fotovoltaico?

É difícil estipular um valor, pois ele depende de diversos fatores, como consumo diário, tamanho e estrutura do local e disponibilidade da radiação solar. É importante ressaltar que esse investimento costuma se pagar em cerca de cinco anos por conta da grande economia de energia. Você pode verificar seu orçamento aqui.

5. É possível monitorar a produção de energia solar?

É possível por meio de um inversor fotovoltaico que possa ser conectado à Internet. Assim, você poderá acompanhar a produção de energia em tempo real, por meio de qualquer dispositivo móvel ou computador. Além disso, este sistema vai armazenar as informações de produção dos meses e você poderá comparar em qual período o seu sistema funcionou melhor.

6. O sistema fotovoltaico produz energia solar durante a noite?

Não. O sistema precisa da irradiação solar para produzir energia. Ou seja, a produção é feita durante o dia, mesmo quando estiver nublado. Durante a noite, o sistema deixa de gerar energia elétrica pela ausência do Sol. Se a geração de energia for maior do que o consumo, esta energia vai para a rede da distribuidora que vira créditos de energia que serão usados para abater o seu consumo da noite.

7. O que é Sistema de Compensação de Energia?

Caso a geração de energia seja maior que o consumo, o excedente é injetado na rede elétrica, gerando créditos de energia. Quando a geração for menor do que o consumo, será utilizada a energia da própria rede elétrica. Os créditos de energia possuem o mesmo valor da eletricidade da rede e podem ser utilizados para abater o consumo, diminuindo, assim, o valor da conta de energia. Todo mês é realizado o balanço de quanto foi injetado e quanto foi consumido. Se em um mês a geração tiver sido maior que o consumo, os créditos de energia poderão ser utilizados nos meses seguintes, com validade de 60 meses.

8. É possível vender o excedente de energia para a concessionária da região?

Não. Segundo a Resolução 482/12 da Aneel, não pode haver troca de valores em dinheiro. Se você consumir menos do que a energia produzida, este excedente torna-se crédito para você. Esses créditos podem ser utilizados em até 60 meses para abatimento nas contas de luz.

9. É possível zerar a conta de energia?

Não. Você pode zerar o consumo de energia da distribuidora, mas você permanecerá conectado a ela. Por isso, a empresa lhe cobrará um valor mínimo, além da taxa de iluminação pública.

10. Se acabar a energia na rua, o sistema fotovoltaico continuará funcionando?

Depende. Se o sistema estiver conectado na rede elétrica da distribuidora, o inversor irá desligar e você ficará sem energia. Mas se você tiver um sistema com baterias para o armazenamento de energia, ele continuará funcionando.

11. Como se devo proceder para ligar o sistema fotovoltaico à rede da distribuidora?

Você não precisa se preocupar com isso. Esta é uma responsabilidade da empresa de instalação do sistema. De forma geral, ela conecta os painéis no inversor, que será ligado em seu quadro de luz. Além disso, a distribuidora de energia, como procedimento padrão, faz a verificação do sistema solar instalado. Quem deve fornecer essa garantia é a empresa de instalação.

12. Quem mora em um prédio pode instalar o sistema fotovoltaico?

É possível, desde que a pessoa seja o dono da cobertura ou que o condomínio tenha uma área no topo do prédio suficiente para a instalação das placas para o uso comum. No entanto, existem regras do condomínio, como a não alteração da fachada do prédio. Por isso, sempre verifique essas condições antes da aquisição.

Consulte-nos para maiores informações